domingo, 19 de maio de 2013

Diferença entre: Pólos magnéticos e Pólos Geográficos da Terra.



A rotação da terra determina o Polo Geográfico.

- A rotação da Terra acontece em torno de um eixo perpendicular ao plano do Equador.



- Os Pólos Norte e Sul geográficos são os pontos em que o eixo passa pelas extremidades do planeta.

























- Esses pontos servem de referência para os paralelos e meridianos terrestres.





O movimento do magma da Terra cria o campo magnético.

- No centro do planeta, há uma grande bola de ferro fundido (magma).

















- Essa bola gira um pouco mais rápido que a própria Terra e movimenta um outro mar de ferro fundido ao redor.



 

















- Nessas duas partes, existem cargas elétricas em constante movimento.










- Esse vaivém de cargas elétricas cria um campo magnético.




-  No caso do nosso planeta, os físicos crêem que o magnetismo da Terra é produto da movimentação do núcleo cheio de cargas.



- Após anos de observação, sabe-se que o "ímã terrestre", como todo ímã, é mais forte nos pólos.

































- Tudo indica que o movimento do magma - e suas cargas elétricas - é influenciado pela rotação do planeta.
- E, como o eixo de um campo magnético é sempre perpendicular ao das cargas, o eixo terrestre seria próximo ao eixo geográfico. A distância atual entre eles é de 11 graus.























Referências:
http://www.cartografia.eng.br
http://www.geomundo.com.br
http://revistapesquisa.fapesp.br
mundoestranho.com.br
http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br


quarta-feira, 1 de maio de 2013

Formação dos vulcões



Ilustração: Anna Luiza Aragão
 
- Formação e erupção dos vulcões ocorrem devido ao choque entre as placas tectônicas.
- Distribuição dos vulcões: os vulcões que conhecemos estão divididos em quatro grandes grupos
Cinturão de Fogo do Pacífico – vulcões das regiões costeiras do Pacífico – América, Ásia e Alasca; Andes, México, América central, Nova Zelândia, Filipinas, Japão e Hawai.

 

Área do Mediterrâneo – vulcões: Etna, Vesúvio, Stromboli, Vulcano e vulcões do norte de África, Ásia menor e Caucaso.

 

Dorsal meridiana do Atlântico – Vulcões localizados em: Islândia, Açores e Canárias.


 
Fossa tectónica da África oriental e Médio Oriente – vulcões a leste de África (Kilimanjaro), península da Arábia e Líbano.


- Vulcões: liberam lava, projeções e gases sob pressão e temperatura elevadas, acima da superfície da crosta.
- Parte de um vulcão
Cone ou edifício vulcânico – É a montanha formada pelas sucessivas erupções, que provocaram o acúmulo de materiais sólidos, tais como cinzas e lavas petrificada oriundas do interior da Terra. O cone tem forma afunilada, terminada na cratera.
Cratera – Boca afunilada que se forma devido às explosões que ocorrem na fase inicial da atividade, é a parte côncava situada no topo do cone e está ligada a cratera ao ponto de origem do vulcão.
 
Chaminé ou conduto – Abertura ou fenda através da qual os materiais são expelidos do interior da Terra para superfície, ligando a cratera ao ponto de origem do vulcão.
Caldeira ou câmara magmática - Bolsões profundos preenchidos pelo magma em encandeceste ebulição.
- A movimentação das placas tectônicas abre caminho para que o magma, rocha fundida no interior da Terra, seja expelido através de uma cratera ou fenda.
- Fusão das rochas: ocorre em zonas  ligadas a dinâmica da Terra.
- Se não encontra saída, ele fica acumulado em uma espécie de reservatório, a câmara magmática.


- Quando o reservatório do vulcão está muito cheio de magma, liberado pela abertura entre uma placa e outra, pode haver uma erupção. O magma, depois de expelido pela chaminé do vulcão, passa a ser chamado de lava (lavas básicas - mais fluidas, lavas ácidas - solidificam mais rápido e possuem bolhas).


- A lava, as cinzas e a poeira se consolidam e os gases dissolvem-se na água ou na atmosfera.
- Erupções: quando duas placas tectônicas se afastam  a erupção forma rios de lava fluída e os vulcões tornam-se maiores e mais inclinados; quando as placas colidem as erupções são mais violentas  a lava é grossa e viscosa, nuvens de gás, poeira e fragmentos de lava podem ser lançados na atmosfera - os vulcões são mais altos com lados íngremes e com o cone central menor.


- A colisão da placas na crostas oceânicas produziu arcos de ilhas.


- Vulcões ativos ainda entram em erupção, vulcões inativos não lançam material para o exterior.
- Os vulcões também são responsáveis pela formação de montanhas.
- No Brasil, não há vulcanismo ativo há milhões de anos.
 
Referências:
www.colegioweb.com.br
www.planetseed.com
mundoestranho.abril.com.br
www.ajudaalunos.com/atlas/